ee

ee

quarta-feira, 21 de março de 2012

Portugueses criam novo sistema de navegação online

E se pudesse organizar todos os seus conteúdos multimédia com eficácia e fazer pesquisas personalizadas, na internet, com base naquilo que outras pessoas interessadas no mesmo assunto arquivam, evitando algumas sugestões inúteis dos motores de busca convencionais? O Bundlr pode ser a resposta.

Filipe Batista e Sérgio Santos concretizaram este "sonho" dos internautas criando o Bundlr: uma mistura de rede social e motor de pesquisa que já conta com 10 mil utilizadores em todo o mundo. A ideia é facilitar a "circulação" neste mundo cada vez mais congestionado e carregado de informação que é o ciberespaço.

Os dois portugueses começaram a desenvolver o conceito quando, em Junho de 2010, saíram de uma "boa conferência" e não conseguiram, de uma forma simples, aceder e reunir a toda a informação -  "fotos, vídeos e reportagens" - que já tinha sido partilhada e publicada online sobre o evento.
"Foi daí que surgiu o conceito do Bundlr", explica, ao Boas Notícias, Filipe Batista, argumentando que "não existia nenhuma ferramenta para facilmente selecionar e organizar conteúdo online".

Pastas Bundlr agregam todo o tipo de conteúdos


O engenheiro informático assegura que a ferramenta "tem uma grande potencialidade do ponto de vista de organização de qualquer tipo de conteúdo" - sejam "vídeos, fotos, podcasts ou tweets" - em pastas, conhecidas na web como "bundles". A partir daqui, refere, "qualquer pessoa pode pesquisar ou seguir bundles com temas que ache interessantes".
À equipa juntou-se entretanto o programador Pedro Gaspar e, neste momento, a plataforma já é utilizada por 10 mil pessoas, desde "jornalistas e bloggers" a "professores e alunos", passando por pessoas que trabalham "em áreas criativas" e "que precisam de organizar as suas fontes de inspiração".
Dos utilizadores do Bundlr, apenas um em cada quatro são portugueses, uma grande fatia é de nacionalidade norte-americana mas a grande maioria "encontra-se dispersa pelo mundo", salienta o co-fundador da rede social.

Bundlr concorre com o Google Bookmarks e o Tumblr
 
A evolução da plataforma tem vindo a confirmar a sua potencialidade, ainda que o Bundlr encontre concorrência forte em plataformas como o Google Bookmarks ou o Tumblr. "Por vezes é-nos dito que temos uma ferramenta mais simples e mais fácil de usar que outras semelhantes", revela Filipe Batista.
Entre as características que distinguem o Bundlr das outras redes sociais, o português destaca ainda a possibilidade de fazer clipping de "diversos tipos de conteúdo e não só imagens ou vídeos" e o facto de ser dado "grande ênfase à colaboração dentro de bundles".
Nos últimos 16 meses, os três jovens têm estado inteiramente focados no projeto, no qual investiram uma grande parte do seu tempo esperando que, "dentro de três anos", o Bundlr se torne "uma plataforma de pesquisa e descoberta de conteúdos altamente relevante".
Para os próximos tempos, as prioridades são "lançar uma zona de exploração de todo o conteúdo que está dentro do Bundlr, agregado por categorias", e tornar a "visualização dos bundles mais agradável e prática".


in Boasnoticias  - 21/03/2012

Sem comentários:

Enviar um comentário