ee

ee

sábado, 14 de abril de 2012

Satélite despede-se da ESA com imagem de Portugal

Depois de 10 anos de serviço irrepreensível no espaço, o satélite da Agência Espacial Europeia (ESA) Envisat deixou, domingo passado, de comunicar. Na despedida, o aparelho enviou uma última imagem a cores de Portugal. 
 
A Península Ibérica foi a última imagem a cores enviada pelo Envisat – o mais complexo satélite de observação terrestre do mundo. Seguiu-se uma imagem a preto e branco das Ilhas Canárias e depois registou-se um corte inesperado de comunicação, em 8 de Abril de 2012.
 
Embora tenha deixado de comunicar, segundo a ESA, o Envisat permanece em órbita estável. A agência europeia está a tentar restabelecer o contacto com o satélite com a ajuda de estações de seguimento em todo o mundo.
 
Apesar de ter interrompido de forma imprevista a comunicação, a verdade é que este satélite veterano cumpriu a sua missão por mais tempo do que seria de esperar já que o Envisat estava programado para durar apenas até 2007.
 
Desde que foi lançado, o satélite já deu mais de 50.000 voltas ao nosso planeta, recolhendo informação sobre os continentes, os oceanos, as calotas polares e a atmosfera terrestre, através dos dez instrumentos científicos que transporta a bordo. Mais de 4000 projetos de 70 países utilizaram a informação por ele recolhida.
 
Em comunicado, o diretor dos Programas de Observação da Terra da ESA, Volker Liebig, afirma que a “interrupção da emissão do Envisat poderá antecipar o lançamento dos novos satélites GMES” programados para entrar em órbita em 2013.

Clique AQUI para aceder ao comunicado da ESA e ver a imagem com maior resolução.

in Boasnotícias - 13/04/2012

Sem comentários:

Enviar um comentário