ee

ee

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Melhor chef do mundo elogia gastronomia portuguesa

A chef basca Elena Arzak, eleita a melhor cozinheira do Mundo, considera a gastronomia portuguesa "uma das grandes cozinhas na atualidade e no futuro", com grandes possibilidades de evolução.
Em declarações à agência Lusa, a chef basca que recebeu no sábado a distinção de melhor cozinheira do Mundo pela publicação "Restaurant Magazine", destacou que Portugal, país que teve muitas colónias, conta hoje com "uma cozinha popular muito rica e muito interessante, sobre a qual é importante evoluir e que vai constituir o futuro".
Elena Arzak destacou que Portugal já conta atualmente com "grandes cozinheiros de vanguarda" que estão a liderar esta evolução. Deu como exemplos, entre outros, os chefes do ‘Vila Joya’, Dieter Koschina, e do ‘The Ocean’, Hans Neuner - ambos com duas estrelas Michelin -, e do ‘Eleven’, Joachim Koerper.

A chef sublinhou que a gastronomia nacional está "muito bem representada" no estrangeiro, referindo o exemplo de Nuno Mendes, chefe do ‘Viajante’, em Londres.
A cozinheira afirma que "o panorama gastronómico português é muito diversificado" e elogia em particular a qualidade dos vinhos e o bacalhau – peixe que goza de grande popularidade entre os bascos, como acontece em Portugal.
"É incrível tudo o que há em Portugal sobre o bacalhau, mas na gastronomia portuguesa há mais que bacalhau", lembra.
Elena Arzak pertence à quarta geração de uma família de cozinheiros, explorando, juntamente com o seu pai, Juan Mari Arzak, o restaurante ‘Arzak’, em San Sebastian, distinguido desde 1989 com três estrelas Michelin, e que tem figurado, nos últimos cinco anos, no ‘top ten’ da lista dos 50 Melhores Restaurantes do Mundo, da ‘Restaurant Magazine’.
"O prémio Melhor Chef do Mundo Veuve Clicquot celebra o trabalho de uma chefe excecional, cuja cozinha apela aos críticos mais duros do mundo, dos quais 837 votaram nesta categoria", destaca a publicação britânica "Restaurant Magazine", ao anunciar o prémio.

in Boasnotícias - 24/04/2012




Sem comentários:

Enviar um comentário