ee

ee

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Cientistas portugueses ganham €2,5 milhões do Howard Hughes Institute

Cinco cientistas a trabalhar em Portugal forma premiados com 2,5 milhões de euros pelo prestigiado Howard Hughes Medical Institute (EUA).

Cinco cientistas a trabalhar em Portugal ganharam um financiamento de 2,5 milhões de euros do prestigiado Howard Hughes Medical Institute (EUA) para realizarem estudos nas áreas das neurociências, parasitologia, envelhecimento e comunicação entre bactérias.

Os cientistas fazem parte de uma lista de 28 investigadores selecionados entre 760 candidatos de 18 países pela instituição norte-americana. Dos 28 nomes, a China conseguiu o maior número de premiados (sete) seguindo-se Portugal e a Espanha ex-aequo (cinco).

No nosso país são quatro investigadores portugueses e uma americana: Karina Xavier e Miguel Godinho Ferreira (Instituto Gulbenkian de Ciência, sendo que a primeira também é investigadora do Instituto de Tecnologia Química e Biológica), Luísa Figueiredo (Instituto e Medicina Molecular), Rui Costa e Megan Carey (Fundação Champalimaud).

Líderes de grupos de investigação


Todos eles já trabalharam nos EUA e são líderes de grupos de investigação há pelo menos sete anos, tendo publicado resultados importantes nas suas áreas de pesquisa e apresentado "programas de investigação ambiciosos e de grande impacto futuro", lê-se num comunicado conjunto das quatro instituições a que pertencem.

Cada investigador recebe um financiamento de 513 mil euros ao longo de cinco anos. O mesmo comunicado salienta que "uma proporção de cinco em 28 premiados é um claro sinal da qualidade dos cientistas que trabalham em Portugal e, sobretudo da capacidade que os centros de investigação em Portugal têm para competir a nível internacional".

O Howard Hughes Medical Institute é uma das maiores instituições de filantropia mundiais, apoiando 330 investigadores independentes, incluindo 13 Prémios Nobel, na pesquisa do cancro, Sida, doenças cardíacas e diabetes.


in Expresso - 11:00 Terça feira, 24 de janeiro de 2012

Sem comentários:

Enviar um comentário